Talibãs capturam tripulantes de helicóptero que caiu no Afeganistão

Puli Alam, Afeganistão, 4 Ago 2016 (AFP) - Os seis ocupantes de um helicóptero do governo paquistanês foram feitos reféns nesta quinta-feira no leste do Afeganistão, após o helicóptero realizar um pouso de emergência, informaram as autoridades afegãs e paquistanesas.

"O helicóptero fez um pouso de emergência e o Talibã levou as seis pessoas a bordo, todas estrangeiras", disse à AFP Hamidullah Hamid, governador do distrito de Azra, na província de Logar, onde ocorreu o acidente.

O porta-voz das autoridades provinciais, Salim Saleh, disse que o helicóptero carregava a bandeira paquistanesa e "começou a pegar fogo antes do pouso de emergência".

A embaixada do Paquistão em Cabul confirmou que uma aeronave do governo local de Pendjab (leste), "um helicóptero do tipo MI-17, estava indo para uma operação de manutenção e revisão na Rússia".

"Acreditamos que se trata da mesma aeronave que caiu em Logar", disse o porta-voz da embaixada, Munir Akhtar, que indicou que "não há notícias de pessoas a bordo" e que ignorava as causas do acidente.

"Nós recebemos a permissão do governo afegão para sobrevoar o seu território", assegurou.

O MI-17, de fabricação russa, é um helicóptero de transporte militar usado extensivamente pelo exército paquistanês.

str-us-ach/bds/jvb/eg/mr

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos