Dois mortos e 100 feridos em confrontos em Caxemira, Índia

Srinagar, Índia, 5 Ago 2016 (AFP) - Ao menos dois manifestantes morreram e mais de cem ficaram feridos em confrontos com as forças do governo em Caxemira, Índia, elevando para 54 o número de mortos em quase um mês de violência, anunciou a polícia.

Milhares de pessoas enfrentaram a polícia, desafiando o toque de recolher imposto há 28 dias em grande parte do território em disputa, incluindo Srinagar, a cidade principal.

"As forças de segurança dispararam para dispersar a multidão em dois lugares do distrito de Budgam e duas pessoas morreram", disse à AFP um alto responsável policial, que pediu anonimato.

"Mais de 100 manifestantes e alguns policiais ficaram feridos nos confrontos que duraram o dia inteiro", acrescentou.

Caxemira, Índia, é cenário de confrontos e manifestações quase diárias contra o poder índio desde a morte do líder islâmico Burhan Wani, que morreu em julho pelas mãos das forças governamentais.

A região da Caxemira é dividida entre a Índia e o Paquistão desde a independência dos dois países em 1947. Ambos reivindicam sua soberania.

Grupos rebeldes combatem as tropas índias dispersas na região para conquistar a independência ou uma aproximação com o Paquistão.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos