Earl deixa 11 mortos no México

Puebla, México, 7 Ago 2016 (AFP) - Ao menos 11 pessoas morreram, e várias seguem desaparecidas em deslizamentos de terra e desabamentos nos estados mexicanos de Puebla (centro) e Veracruz (leste) decorrentes da já dissipada tempestade tropical Earl, enquanto que neste domingo (7) outra tempestade, Javier, formou-se no oceano Pacífico.

"Infelizmente, morreram dez pessoas por causa dos deslizamentos de terra" em Coscomatepec, Tequila e Huayacocotla, na região serrana do estado de Veracruz, tuitou o governador Javier Duarte neste domingo, atualizando o balanço anterior de seis mortos.

Em Puebla, um deslizamento soterrou 13 casas na área montanhosa de Xaltepec, no município de Huauchinango, deixando pelo menos um morto, informou a Secretaria Geral de Governo de Puebla em nota divulgada neste domingo.

A Defesa Civil trabalhava neste domingo "para encontrar outras possíveis vítimas", informou a Secretaria.

Pelo menos dez pessoas estariam desaparecidas.

Depois de chegar à categoria de furacão, o Earl perdeu força ao tocar a costa de Belize. Entrou pelo estado de Tabasco, no sul do México, na noite de quinta, já como tormenta tropical, terminando no mesmo dia.

Em contrapartida, neste domingo se formou no Pacífico a tempestade tropical Javier. Às 18h GMT (17h de Brasília), Javier se encontrava 175 km ao oeste de Manzanillo, Colima (oeste).

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos