Ilha da Madeira e sul de Portugal sofrem com incêndios florestais

Lisboa, 9 Ago 2016 (AFP) - Trezentas pessoas foram evacuadas na madrugada desta terça-feira da ilha da Madeira e do sul de Portugal devido aos incêndios florestais, que avançaram para outras regiões depois de atingir sobretudo o norte do país.

Na Madeira, várias casas foram destruídas por diversos focos de incêndio na região do Funchal, capital do arquipélago localizado no Atlântico, e 250 pessoas foram evacuadas para que passassem a noite seguras em instalações militares, indicou a responsável da Defesa Civil do governo regional, Rubina Leal.

"Não posso dizer quantas casas foram destruídas porque os serviços de auxílio ainda estão em terra, e primeiro devemos apoiar a população deslocada e controlar o incêndio", disse, citada pela agência Lusa.

Por sua vez, em Silves, no sul do país, meia centena de habitantes também precisaram ser evacuados por precaução antes que o incêndio de uma floresta pudesse ser isolado na madrugada desta terça-feira, um trabalho que contava com a participação de 350 bombeiros apoiados por uma centena de veículos.

No entanto, o norte do país continua sendo a região mais afetada pelos incidentes, que se intensificaram desde sábado devido às condições meteorológicas, com elevadas temperaturas acima dos 35 graus centígrados.

Na manhã desta terça-feira, três incêndios de grande amplitude nas regiões de Aveiro e Braga levaram à mobilização de 785 bombeiros e 270 veículos.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos