Fundos beneficentes são desviados para atos terroristas, diz relatório

Nusa Dua, Indonésia, 10 Ago 2016 (AFP) - Fundos destinados a obras de caridade às vezes são desviados por "grupos terroristas" para a realização de atentados, advertiu nesta quarta-feira um relatório apresentado em uma reunião internacional sobre a luta contra o terrorismo na Indonésia.

Este documento, produzido por representantes das autoridades indonésias e australianas, aponta o risco elevado que as ONGs enfrentam e convoca os países do sudeste asiático a colaborar para colocar fim aos movimentos de fundos procedentes dos militantes extremistas, especialmente do grupo Estado Islâmico (EI).

"Costumam ser organizações muito legítimas as que enviam dinheiro a estas zonas com problemas em todo o mundo para poder ajudar os civis que sofrem", declarou Paul Jevtovic, diretor da agência australiana de inteligência financeira, durante esta reunião em Nusa Dua, na ilha de Bali.

"Infelizmente, os serviços de informação nos dizem que alguns destes fundos não chegam ao seu destino e são desviados por grupos terroristas e utilizados para a propaganda e/ou para cometer na realidade atos terroristas", revelou.

Os "poucos escrúpulos" destes grupos fazem com que interceptem os fundos destinados a pessoas necessitadas e a hospitais, acrescentou, sem citá-los.

A cúpula sobre a luta contra o terrorismo, que terminará na quinta-feira, está organizada por Indonésia e Austrália, e reúne os ministros de mais de 20 países.

str-rws-sr/bfi/elp/at/es.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos