Mãe no Canadá é acusada de violência sexual contra filhas

Ottawa, 10 Ago 2016 (AFP) - Uma mulher de 33 anos foi acusada de violentar sexualmente suas duas filhas - uma de quatro anos e uma adolescente - usando-as como objeto de pornografia infantil e prostituindo a filha mais nova, disse a polícia nesta quarta-feira.

A mulher, cuja identidade foi mantida em sigilo para proteger as crianças, estava sob custódia após uma acusação de tentativa de assassinato qualificada, disse em declaração a polícia regional de Niágara.

"Essa mulher acusada é a mãe biológica das duas meninas vítimas, menores de 18 anos, a mais nova tendo quatro anos de idade", disse o policial Philip Gavin.

"As acusações são baseadas em alegações de que ela estaria violentando sexualmente as duas crianças".

Algumas das violências alegadas contra sua filha mais velha datam de aproximadamente seis anos atrás, de acordo com a polícia. A vítima teria por volta dos 12 anos na época.

A mulher também é acusada de distribuir imagens sexualmente explícitas de suas filhas "para seu ganho pessoal", segundo a polícia.

Um total de seis crianças entre quatro e 17 anos foram identificadas nas imagens pornográficas descobertas pela polícia.

Cinco homens também foram acusados no caso, incluindo o alvo da tentativa de assassinato alegada.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos