Onze recém-nascidos morrem em incêndio em hospital de Bagdá

Em Bagdá

  • Sabah Arar/ AFP

    Incubadoras danificadas em incêndio foram retiradas de hospital em Bagdá, Iraque

    Incubadoras danificadas em incêndio foram retiradas de hospital em Bagdá, Iraque

Onze recém-nascidos morreram nesta quarta-feira (10) ao amanhecer em um incêndio provocado por um curto-circuito em um dos maiores hospitais da capital iraquiana, Bagdá.

"Onze crianças prematuras morreram no incêndio na unidade de maternidade do hospital público de Yarmuk", no oeste de Bagdá, disse Ahmed al Rudeini, porta-voz do ministério da Saúde. Rudeini acrescentou que o fogo foi provocado por um curto-circuito.

"Vinte e nove pacientes que estavam na mesma área foram evacuados a outros hospitais da capital", acrescentou o porta-voz.

Um funcionário do ministério do Interior confirmou as informações e disse que outras três crianças sofreram asfixia.

A maioria dos hospitais públicos da capital iraquiana sofrem com a falta de serviços de qualidade, o que leva muitos iraquianos a utilizar estabelecimentos privados.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos