Países ocidentais pedem que governo de unidade na Líbia controle 'instalações petrolíferas'

Paris, 10 Ago 2016 (AFP) - Seis países ocidentais exigem que o controle de todas as instalações petrolíferas da Líbia volte para as mãos do governo de unidade nacional (GNA) "sem reserva ou prazo", em uma declaração conjunta transmitida nesta quarta-feira à AFP.

Os governos de Alemanha, Espanha, Estados Unidos, França, Itália e Reino Unido pedem que o controle das infraestruturas petrolíferas volte, "sem pré-condições, sem reserva ou prazo, às mãos das autoridades nacionais legítimas" do GNA, segundo esta declaração.

Estes seis países convocam "todas as partes a se abster de (cometer) qualquer ato de hostilidade e evitar qualquer ação que possa danificar ou perturbar as infraestruturas energéticas da Líbia".

Expressam "sua preocupação diante da crescente tensão observada perto do terminal de Zueitina", uma das principais instalações petrolíferas da costa leste do país, 80 km a sudoeste da cidade de Benghazi.

As forças leais ao general Khalifa Haftar, instaladas no leste do país e opostas ao GNA, ameaçam atacar Zueitina, atualmente controlado quase em sua totalidade por uma facção rival, os Guardas das Instalações Petrolíferas (GIP).

O GNA anunciou sua intenção de retomar as exportações de petróleo líbio, paralisadas há vários meses pelo caos político e pelos ataques terroristas.

Mas estas exportações são contestadas pelas autoridades paralelas do leste, com o apoio do Exército Nacional Líbio (ANL) do poderoso general Haftar.

Diante destas tensões, Alemanha, Espanha, Estados Unidos, França, Itália e Reino Unido "expressam seu apoio ao GNA pelos esforços mobilizados para encontrar uma solução pacífica às perturbações que afetam as exportações energéticas da Líbia".

"É do interesse de todos os líbios que forneçam seu apoio total aos esforços realizados pelo GNA para fornecer estes serviços de base ao povo líbio", acrescenta a declaração conjunta, que considera crucial a retomada das exportações de petróleo.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos