Quarenta e cinco mil combatentes do Estado Islâmico mortos nos últimos dois anos

Washington, 10 Ago 2016 (AFP) - Cerca de 45.000 combatentes do grupo Estado Islâmico (EI) foram mortos no Iraque e na Síria desde que a coalizão internacional liderada pelos Estados Unidos começou a bombardeá-lo há dois anos, anunciou nesta quarta-feira o general americano no comando.

"Nós estimamos que nos últimos 11 meses matamos cerca de 25.000 combatentes inimigos. Se acrescentarmos os 20.000 que acreditamos que matamos anteriormente, o número de baixas inimigas se eleva a 45.000 no campo de batalha", afirmou o general Sean MacFarland durante uma coletiva de imprensa.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos