Japão reativa reator nuclear parado desde catástrofe de Fukushima

Tóquio, 12 Ago 2016 (AFP) - Um reator nuclear parado há mais de cinco anos, desde a catástrofe de Fukushima, será reiniciado nesta sexta-feira no Japão, onde atualmente apenas duas unidades estão funcionando, em comparação com as 54 que operavam até 2011.

"A unidade 3 de Ikata (sudoeste) será posta em funcionamento na sexta-feira 12 e deve começar a gerar eletricidade na segunda-feira 15", indicou a companhia Shikoku em um comunicado.

O abastecimento de eletricidade para a rede comercial começará em setembro, depois de verificações finais, acrescentou a nota.

Antes do tsunami de 2011, quando a água invadiu a central nuclear de Fukushima, provocando o maior desastre nuclear mundial desde Chernóbil, em 1986, havia 54 reatores nucleares em operação no Japão.

Após as perícias, o governo decidiu fechar definitivamente 12 deles e suspender a operação dos demais enquanto eram realizados trabalhos para melhorar a segurança.

Posteriormente, foram reativados os reatores Sendai 1 e 2, que são os únicos operativos atualmente.

Outras duas unidades que tinham começado a operar no início do ano, Takahama 3 e 4, foram paralisadas semanas depois por uma ordem judicial.

A maioria da população japonesa se opõe à reativação das centrais nucleares impulsada pelo governo.

kap/jpa/mb/db/mvv

TEPCO - TOKYO ELECTRIC POWER

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos