Papa almoça com 21 refugiados sírios

Na Cidade do Vaticano

  • Osservatore Romano/Reuters

O papa Francisco almoçou nesta qunta-feira (11) com um grupo de 21 refugiados sírios que vivem em Roma e que se alojam na sede da associação católica Comunidade de São Egídio, indicou o porta-voz do Vaticano, Greg Burke.

Os convidados são as famílias levadas para a Itália depois da visita, em abril passado, do papa na ilha grega de Lesbos, local emblemático do drama dos refugiados do Oriente Médio tentando chegar à Europa.

Uma das famílias viajou a bordo do avião papal e a outra chegou da Grécia em meados de junho.

"Tanto os adultos quanto as crianças tiveram a oportunidade de falar com Francisco e contar sobre o inicio de sua nova vida na Itália", contou Burke em um comunicado.

As crianças presentearam o papa com um caderno com seus desenhos e Francisco deu a elas brinquedos e outros presentes.

O papa Francisco defende repetidamente a acolhida de refugiados pela Europa, mesmo que boa parte dos europeus se sintam reticentes em fazer isso.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos