Prefeitura de Corleone é dissolvida por infiltração da máfia italiana

Em Roma

  • FABRIZIO VILLA /AFP

A prefeitura de Corleone, reduto histórico da máfia siciliana que inspirou a trilogia do cineasta Francis Ford Coppola, "O Poderoso Chefão", baseada na história de Mario Puzo, foi dissolvida pelo governo italiano por estar infiltrada pela máfia.

O governo italiano de centro-esquerda aprovou na quarta-feira à noite a decisão de colocar Corleone sob o controle de uma comissão especial após uma investigação da polícia.

A mesma decisão foi tomada por outras três cidades no sul da Itália, uma próxima a Nápoles e duas em Calábria, explicou um porta-voz do governo.

A tristemente célebre localidade de Corleone é um povoado de 12.000 habitantes que fica próxima a Palermo e que esteve vinculada historicamente ao crime organizado, já que ali nasceram dois temidos chefões da "Cosa Nostra": Salvatore Riina (A besta), detido em 1993 em uma prisão de segurança máxima, e Bernardo Provenzano (O trator), que morreu em julho passado.

Apesar disso, é a primeira vez que a prefeitura de Corleone é dissolvida por ordem do governo, um procedimento que já foi aplicado a mais de 200 municípios italianos desde 1990.

No caso de Corleone, a decisão foi anunciada pelo Ministério do Interior após mostrar que vários familiares de figuras muito conhecidas da máfia trabalhavam para o Conselho Municipal com o objetivo de garantir a entrega de importantes contratos, como a gestão de uma granja leiteira ou a construção de um edifício público.

 

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos