Fidel Castro: pílulas de uma vida longa e intensa

Havana, 13 Ago 2016 (AFP) - Derrotas, façanhas, exílio, poder, doença... Fidel Castro completa 90 anos, uma vida dedicada por inteiro à Revolução Cubana, a tal ponto que hoje é difícil distinguir entre uma e outra.

Confira abaixo as datas que marcaram a vida do líder cubano:

-- 1926 --

Nasce em Birán, no leste de Cuba. Fidel é o terceiro dos sete filhos de um proprietário galego e de uma camponesa cubana. Em 1950, forma-se como advogado.

-- 1952 --

O general Fulgencio Batista assume o poder em Cuba, depois de um golpe de Estado.

-- 1953 --

Castro lidera o frustrado assalto ao quartel Moncada, em Santiago de Cuba, e é detido. Durante o julgamento, pronuncia sua famosa defesa "A história me absolverá". É condenado a 15 anos de prisão. Dois anos depois sai, anistiado.

-- 1955 --

Funda o Movimento 26 de Julho, que atua na clandestinidade, e depois parte exilado para o México, onde organizará a insurreição. Lá conhece o argentino Ernesto "Che" Guevara.

-- 1956 --

Zarpa do México no iate Granma com 81 homens. Começa a luta guerrilheira em Sierra Maestra. Em 1957, concede uma entrevista a Herbert Matthews, do jornal "The New York Times". o mundo conhece sua imagem.

-- 1959 --

Triunfa a revolução contra Batista. Fidel é nomeado primeiro-ministro e firma a primeira lei de reforma agrária, proibindo o latifúndio na Ilha. Em 1976, assume como presidente.

-- 1960 --

Expropria as refinarias de petróleo, centrais açucareiras e companhias de telefonia e de energia elétrica americanas. Pronuncia seu primeiro discurso na ONU, que teve 4h29 de duração.

-- 1961 --

Os Estados Unidos rompem relações com Cuba e, em seguida, Fidel Castro proclama o caráter socialista da revolução. Nesse ano, derrota uma invasão de mais de mil anticastristas à Baía dos Porcos.

-- 1962 --

O presidente americano, John F. Kennedy, ordena o embargo econômico que segue em vigor até os dias atuais.

Em plena Guerra Fria, Fidel protagoniza a "Crise dos Mísseis" que envolve os Estados Unidos, a então União Soviética e Cuba. A tensão acaba com a retirada de mísseis soviéticos da Ilha. Os Estados Unidos desistem de invadir Cuba.

-- 1975 --

Envia tropas cubanas para a guerra de Angola contra a África do Sul.

-- 1980 --

Cerca de 125.000 cubanos migram para os EUA do porto de Mariel.

-- 1989 --

São fuzilados quatro oficiais acusados de narcotráfico e de corrupção, entre eles o herói de Angola, general Arnaldo Ochoa.

-- 1990 --

Depois da queda da URSS, principal sócio de Cuba, começa o "período especial", que se traduz em uma profunda crise que durou uma década e levou Fidel Castro a iniciar uma tímida abertura econômica. Legaliza o dólar, as remessas e o trabalho privado.

-- 1994 --

Encara distúrbios em Havana pela chamada "crise dos balseiros", como ficou conhecido o êxodo de milhares de cubanos pelo mar para os EUA. Recebe Hugo Chávez, pela primeira vez, após seu frustrado golpe na Venezuela. Mais tarde, como presidente, Chávez seria seu maior aliado.

-- 1998 --

Recebe o papa João Paulo II em uma visita que sela o fim das desavenças com a Igreja.

-- 1999 --

Mobiliza Cuba a favor do retorno dos EUA do balserito Elián González.

-- 2001 --

Com quase 75 anos, desmaia quando fazia um discurso em Havana.

-- 2003 --

Pelo menos 75 opositores são detidos na chamada "primavera negra". São fuzilados três cubanos que sequestraram uma lancha para viajar para os EUA.

-- 2004 --

Durante um ato público em Santa Clara, cai, fraturando o joelho e o braço.

-- 2006 --

Então com 80 anos e há quase 50 no poder, Fidel cede, provisoriamente, o cargo ao irmão Raúl, devido a uma crise intestinal aguda.

-- 2008 --

Renuncia à Presidência de Cuba. O irmão Raúl é designado seu sucessor.

-- 2014 --

Cuba e EUA anunciam o degelo das relações bilaterais. Meses depois, Fidel diz não se opor à aproximação.

-- 2016 --

O presidente Barack Obama visita Cuba. Fidel reaparece junto com Raúl no encerramento do Congresso Comunista e faz um discurso com ares de despedida.

bur-vel/cb/tt/lr

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos