Israel destrói casa de palestino autor de ataque em colônia

Jerusalém, 15 Ago 2016 (AFP) - O exército israelense destruiu nesta segunda-feira perto de Hebron, na Cisjordânia ocupada, a casa onde vivia um palestino que matou a facadas uma adolescente de 13 anos em uma colônia, indicou um porta-voz militar.

O autor do ataque, Mohamad Naser Taraira, de 19 anos, entrou na colônia de Kyriat Arab no dia 30 de junho, onde Hallel Yaffa Ariel, uma adolescente israelense com dupla nacionalidade americana, dormia, e a quem desferiu uma série de facadas.

Os guardas desta colônia situada neste território palestino ocupado por Israel desde 1967 abateram o jovem originário de Bani Naim.

Israel destrói normalmente as casas dos palestinos autores de ataque, uma prática que seus opositores classificam de punição coletiva, já que as famílias dos criminosos acabam na rua.

O governo israelense, por sua vez, defende o caráter dissuasivo destas demolições naqueles que planejaram atacar.

Desde outubro, Israel, os territórios Palestinos e Jerusalém estão afundados em uma onda de violência, que custou a vida de 219 palestinos, 34 israelenses, dois americanos, um eritreu e um sudanês, segundo um balanço da AFP.

A maioria dos palestinos mortos são os autores ou os supostos autores de ataques.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos