Rússia informou EUA antes de ataque aéreo a extremistas lançado a partir do Irã

Washington, 16 Ago 2016 (AFP) - As autoridades russas alertaram a coalizão internacional liderada pelos Estados Unidos que combate o grupo Estado Islâmico no Iraque e na Síria que realizariam uma operação aérea a partir do Irã, informou o Pentágono nesta terça-feira.

A coalizão acordou no ano passado um memorando de entendimento com a Rússia pelo qual as forças militares dos dois países devem notificar a outra parte sobre o itinerário e a duração de suas incursões aéreas para evitar acidentes no espaço aéreo sírio.

"Os russos notificaram a coalizão em cumprimento do memorando e pela segurança do voo", disse o coronel Chris Garver, porta-voz militar americano.

"Fomos informados de que estavam chegando e nós lhes garantimos a segurança do voo quando esses bombardeiros passaram pela área rumo ao seu objetivo e depois quando retornavam também", acrescentou.

O Ministério da Defesa russo disse nesta terça-feira que bombardeiros de longo alcance e caças decolaram da base de Hamedan, no oeste do Irã, e realizaram um ataque aéreo conjunto contra alvos dos grupos terroristas Estado Islâmico e Frente Al-Nosra nas províncias de Aleppo, Deir Ezzor e Idlib na Síria.

Os combatentes do EI estão concentrados apenas em Deir Ezzor, e não em Aleppo ou Idlib, disse Garver.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos