STF autoriza investigação de Dilma por obstrução de Justiça

Brasília, 17 Ago 2016 (AFP) - O Supremo Tribunal Federal (STF) autorizou a investigação da presidente afastada Dilma Rousseff por suspeita de obstrução de Justiça - informam os quatro principais jornais brasileiros nesta terça-feira (16), a poucos dias do início de seu processo de impeachment no Senado.

O Ministério Público (MP) tenta averiguar, se Dilma tentou obstruir as investigações sobre o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva no megaescândalo da Petrobras, ao designá-lo como ministro-chefe de seu gabinete em março, noticiaram O Globo, Folha de S. Paulo, O Estado de S. Paulo e Valor Econômico.

Contatados pela AFP, nem o MP, nem o STF confirmam a informação.

Lula e vários ex-ministros de Dilma também serão investigados por obstrução da Justiça, informaram veículos de comunicação.

A decisão do Supremo, que atende a um pedido do MP, transforma Dilma em formalmente investigada no âmbito da "Operação Lava Jato", que desde 2014 busca investiga uma rede de corrupção que abrange os principais políticos e empresários do país e desviou mais de 2 bilhões de dólares da petroleira.

"A abertura da investigação é importante para elucidar os fatos e esclarecer que em nenhum momento houve obstrução da justiça", disse à AFP um porta-voz da presidente afastada, que afirmou ter se inteirado da decisão judicial através da imprensa local.

Em março, Dilma Rousseff nomeou Lula ministro, uma jogada interpretada pelo MP como uma tentativa de dotar seu antecessor na Presidência e padrinho político de foro privilegiado, dificultando, assim, as investigações abertas contra o ex-presidente na justiça comum, que teriam começado a chegar perto dele.

Afastada desde 12 de maio, Dilma Rousseff enfrentará nos próximos dias a fase final de seu julgamento de impeachment, motivado por denúncias de que administrou irregularmente as finanças do país e maquiou as contas em 2014 - ano de sua reeleição - ano de sua reeleição - e 2015.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos