Ex-vice-presidente do Sudão do Sul Riek Machar deixou o país

Nairóbi, 18 Ago 2016 (AFP) - O ex-rebelde e ex-vice-presidente sul-sudanês Riek Machar partiu do Sudão do Sul após os combates do início de julho na capital Juba e encontrou refúgio em um país seguro da região, disse um funcionário.

Riek Machar "foi evacuado a um país seguro da região", indicou Mabior Garang de Mabior, porta-voz do SPLM-IO, o partido de Machar, em um comunicado publicado na noite de quarta-feira.

Este porta-voz, que não forneceu detalhes sobre o lugar onde Machar se encontra, disse que o ex-vice-presidente dará "uma coletiva de imprensa nas próximas 24 horas".

Machar fugiu de Juba após os combates com armas pesadas registrados na capital de 8 a 11 de julho entre forças governamentais fiéis ao presidente Salva Kiir e ex-rebeldes que seguem as ordens de Machar.

Os homens de Machar foram derrotados durante estes combates e ele foi substituído no posto de vice-presidente por seu ex-aliado Taban Deng Gai.

Os grupos de Kiir e Machar se acusam mutuamente de ser responsáveis pelos combates de julho, que colocaram em risco o frágil acordo de paz de agosto de 2015, cujo objetivo é colocar fim a uma guerra civil que começou em dezembro de 2013 e que deixou dezenas de milhares de mortos e 2,5 milhões de deslocados.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos