Ministro israelense elabora política de recompensas na Cisjordânia

Jerusalém, 18 Ago 2016 (AFP) - O ministro da Defesa israelense, Avigdor Lieberman, um homem da linha dura, conta com uma nova política de recompensas para a Cisjordânia ocupada, através da qual punirá as localidades de origem de palestinos agressores e premiará as demais.

Com a aplicação dessa política, as famílias palestinas, povoados e cidades ligados a pessoas que atacam israelenses enfrentarão medidas punitivas adicionais, enquanto os demais que não tiverem esse tipo de ligação receberão maior apoio econômico.

"Todos que estiverem dispostos à convivência, se beneficiarão, enquanto qualquer pessoa que transitar pelo caminho do terrorismo perderá", afirmou Lieberman, segundo a imprensa israelense.

A aplicação desta nova política agora depende da aprovação do primeiro-ministro israelense Benjamin Netanyahu, que, segundo Lieberman, já a aprovou.

mib-jod/dr/age/jz/cn

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos