Portugal: incêndios arrasam mais de 95.000 hectares em agosto

Lisboa, 19 Ago 2016 (AFP) - Os violentos incêndios que arrasaram Portugal na primeira quinzena de agosto queimaram mais de 95.000 hectares em seu território continental - anunciou o órgão encarregado do setor, nesta quinta-feira (18).

O norte de Portugal concentrou quase 70.000 hectares queimados de 1º a 15 de agosto, 41.000 deles na região de Aveiro, informou o Instituto de Conservação de Natureza e Bosques (ICNF) em um informe.

Na ilha da Madeira, onde os incêndios deixaram três mortos, 5.400 hectares ficaram reduzidos a cinzas, segundo uma estimativa do Sistema Europeu de Informação sobre Incêndios Florestais (EFFIS).

Nessa região autônoma na altura da costa marroquina, os incêndios letais forçaram a retirada de mais de mil pessoas, incluindo turistas estrangeiros, além de destruir um hotel e danificar 300 casas.

Os incêndios não deixaram mortos no território continental, onde várias casas pegaram fogo, e povoados e pelo menos um hotel foram evacuados.

Em 2003, ano recorde de incêndios em Portugal, queimaram 440.000 hectares. Este ano, mais de 103.000 hectares do território continental foram devastados desde o início do ano.

Segundo os dados do EFFIS, que se baseia em imagens de satélite, a superfície queimada em Portugal desde o início de 2016 representa a metade da área consumida nos 28 países da União Europeia no mesmo período.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos