Fitch mantém nota BB+ para Portugal, mas crescimento fraco preocupa

Lisboa, 20 Ago 2016 (AFP) - A agência de classificação de risco Fitch manteve a nota BB+ com perspectiva estável para a dívida soberana de Portugal, mas manifestou sua preocupação com um crescimento frágil, que pode comprometer o objetivo de redução de déficit pretendido por Lisboa.

"Continua pesando um risco sobre a meta de reduzir o déficit para 2,2% do PIB em 2016", adverte a Fitch, em um comunicado, destacando, sobretudo, "um crescimento mais frágil" do que o previsto.

A agência de classificação prevê um desequilíbrio orçamentário de 2,7% este ano.

Em seu comunicado, a Fitch adverte Lisboa contra "os altos níveis de dívida pública (129% do PIB, no final de 2015) e os ativos de má qualidade" dos bancos portugueses.

A instituição afirma, porém, que o equilíbrio orçamentário "corresponde globalmente às previsões do governo para o primeiro semestre", com "novos impostos indiretos, em especial, sobre cigarros e veículos" e "um controle do gasto".

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos