ONU: mais de 2,4 milhões de pessoas precisam de ajuda humanitária na Líbia

Trípoli, 20 Ago 2016 (AFP) - A ONU defendeu a causa da Líbia, por ocasião do Dia Mundial da Ajuda Humanitária, lembrando que milhões de líbios e imigrantes são vítimas de uma crise humanitária que se agrava com o passar dos dias.

"Mais de 2,4 milhões de pessoas na Líbia precisam de ajuda humanitária", declarou o enviado das Nações Unidas para a Líbia, Martin Kobler, em um comunicado publicado nesta sexta-feira (19) no site da missão nesse país.

"Precisam de remédios, de vacinas e devem se apoiar em serviços hospitalares precários. Cerca de 300.000 menores não estão na escola, e quase 350.000 líbios foram deslocados por todo o país", acrescentou.

Kobler mencionou ainda a situação delicada de mais de 270.000 imigrantes que fugiram do país e se encontram bloqueados na Líbia.

"As necessidades humanitárias geradas pela crise são enormes, e isso deveria nos estimular a fazer todo o possível para devolver a esperança a essa gente e, sobretudo, aos que precisam de ajuda humanitária urgente", insistiu.

ri/cro/mf/jmr./tt

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos