Oposição venezuelana exige referendo contra Maduro para iniciar diálogo

Caracas, 20 Ago 2016 (AFP) - A oposição na Venezuela ratificou neste sábado (20) que dialogar com o governo sobre a crise do país passa pela realização de um referendo revogatório contra o presidente Nicolás Maduro e renovou seu chamado para um protesto em 1º de setembro.

"O diálogo solicitado é nacional e, para ser assim, deve-se ouvir o povo, e o que o povo pede é que respeitem a Constituição, ou seja, aceitem a decisão da realização de um inegociável referendo revogatório neste ano de 2016", defendeu a coalizão opositora Mesa da Unidade Democrática (MUD), em um comunicado.

"Nenhum diálogo é capaz de progredir sem duas características prévias: a igualdade de condições entre as partes e a disposição para conversar e buscar soluções", acrescentou o texto da MUD dirigido a "civis e militares".

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos