Merkel sugere acordos com norte da África para enviar migrantes

Berlim, 23 Ago 2016 (AFP) - A chanceler alemã, Angela Merkel, sugeriu nesta terça-feira que a União Europeia chegue a acordos com os países do norte da África parecidos com o acertado com a Turquia para enviar migrantes que chegarem à Europa e assim frear seu fluxo.

Segundo o acordo assinado pela UE com a Turquia, Ancara aceita acolher os migrantes sírios chegados à Grécia em troca de enviar para a UE outros refugiados presentes em seus acampamentos, com o objetivo de realizar um programa de redistribuição de migrantes de forma ordenada.

O acordo também inclui bilhões de euros da UE em ajudas à Turquia e a emissão de vistos para cidadãos que desejarem viajar a países da UE, assim como aceleração das negociações para a integração da Turquia na União Europeia.

"Devemos alcançar acordos similares com outros países, como no norte da África, a fim de controlar melhor as rotas de refugiados no Mediterrâneo", declarou Merkel ao jornal regional Neue Passauer Zeitung.

Merkel disse ainda que este tipo de pacto também interessa aos refugiados, destacando o grave risco que assumem quando cruzam o Mediterrâneo e as altas quantias que têm de pagar aos traficantes.

"É mais seguro para eles e existem boas razões para que permaneçam na Turquia, perto de seus países, onde as barreiras culturais e de idioma são menores", argumentou.

No entanto, as divergências surgidas entre Ancara e a UE depois do fracassado golpe de Estado na Turquia aumentam os temores pelo futuro do acordo envolvendo os migrantes.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos