Erdogan diz que operação na Síria tem como alvos o EI e as milícias curdas

Istambul, 24 Ago 2016 (AFP) - A operação turca na Síria tem como alvos o grupo extremista Estado Islâmico (EI) e as milícias curdas e seu objetivo é acabar com os problemas na fronteira, afirmou o presidente turco, Recep Tayyip Erdogan.

"A partir das 4H00 (22H00 de Brasília, terça-feira), nossas forças iniciaram uma operação contra os grupos terroristas do Daesh (acrônimo árabe do EI) e do PYD (Partido da União Democrática, curdo)", declarou Erdogan em um discurso em Ancara.

O exército turco, apoiado por forças da coalizão internacional antijihadista, iniciou uma operação chamada "Escudo do Eufrates", com aviões de combate e forças especiais para expulsar o EI de Jarablos, uma localidade próxima da fronteira com a Turquia.

Uma dezena de tanques turcos entraram em território sírio e começaram a atirar contra posições do grupo Estado Islâmico (EI) na localidade síria de Jarablos, constatou a AFP.

sjw-pt/fp

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos