Terremoto na Itália deixou 37 mortos

Roma, 24 Ago 2016 (AFP) - Ao menos 37 pessoas morreram no forte terremoto que afetou na madrugada desta quarta-feira duas regiões do centro da Itália, de acordo com o primeiro balanço oficial divulgado pela Proteção Civil.

"Comprovamos a morte de 37 pessoas, mas ainda há muitas sob os escombros e muitos desaparecidos", afirmou Immacolata Postiglione, diretora das operações de emergência da Proteção Civil.

Dezenas de socorristas, policiais e voluntários trabalham sem descanso nas pequenas localidades de Amatrice e Accumoli, na região do Lacio, e Arquata del Tronto, na região de Marcas, as três mais afetadas pelo terremoto, para retiras as pessoas dos escombros.

As imagens exibidas pela TV são dramáticas, com imóveis que desabaram, rachaduras em prédios e casas afetadas pelo tremor.

O epicentro foi localizado perto de Norcia, uma cidade da região de Umbria, a 150 km de Roma, de acordo com o Centro Geológico dos Estados Unidos (USGS).

Os feridos em estado mais grave estão sendo levados para a capital da província, Rieti, assim como para hospitais de Roma e Florença em helicópteros.

O governo nacional convocou o exército para os trabalhos de resgate, que são particularmente complicados.

Muitos turistas estavam na região para participar na festa que Amatrice organiza todos os anos para celebrar a criação de uma famosa receita de spaghetti.

"Os hotéis estavam todos lotados", afirmou a prefeitura.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos