PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Mulheres policiais da Escócia poderão usar véu islâmico

A série "Rostos da Liberdade", da fotógrafa Alexandra Kremer-Khomassouridze, retrata 50 mulheres de países, históricos e profissões diferentes, explorando percepções de identidade em relação ao uso de véus - Alexandra Kremer-Khomassouridze
A série "Rostos da Liberdade", da fotógrafa Alexandra Kremer-Khomassouridze, retrata 50 mulheres de países, históricos e profissões diferentes, explorando percepções de identidade em relação ao uso de véus Imagem: Alexandra Kremer-Khomassouridze

Em Londres

25/08/2016 09h44

As mulheres policiais da Escócia vão poder portar o véu islâmico durante as horas de trabalho, anunciou nesta terça-feira (23) o corpo policial, que busca com esta medida recrutar um maior número de muçulmanas.

"O hijab será um acessório optativo do uniforme", indicou a Police Scotland em seu site.

Trata-se de "de abraçar as mulheres muçulmanas, que até o momento não pensavam em uma carreira na polícia, e fazê-las mudar de ideia", argumentou a polícia escocesa.

O anúncio oficializa uma prática corrente já que as policiais escocesas já podiam usar o véu islâmico se os seus superiores autorizassem.

"Como muitos funcionários, particularmente no setor público, queremos desta forma representar melhor a população a que servimos", afirmou o chefe da Police Scotland, Phil Gormley.

As mulheres policiais de Londres têm o direito de portar o véu islâmico há vários anos, assim como em Manchester e outras cidades do Reino Unido.

Internacional