Neoconservador Paul Wolfowitz acha Trump inaceitável e talvez vote em Hillary

Berlim, 26 Ago 2016 (AFP) - O republicano Paul Wolfowitz, ex-presidente do Banco Mundial e antigo conselheiro de George W. Bush, definiu Donald Trump como "inaceitável" em uma entrevista publicada nesta sexta-feira, na Alemanha, e disse que talvez vote na democrata Hillary Clinton.

"É importante manifestar-se e dizer até que ponto é inaceitável", declarou Wolfowitz, falcão neoconservador, referindo-se ao candidato republicano .

"Gostaria que houvesse alguém em quem votar me sentindo à vontade. Talvez deva votar por Hillary Clinton, inclusive tendo grandes reservas sobre ela", acrescentou.

Para um dos arquitetos da invasão do Iraque em 2003, Trump representa um perigo para a segurança do país, entre outros motivos, por sua admiração pelo presidente russo Vladimir Putin e por dizer-se impressionado com a economia chinesa, segundo declarações feitas ao seu estilo indireto.

Vários republicanos já mostraram seu distanciamento de Trump e de seus excessos e propostas populistas.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos