Irã ativa sistema antimísseis russo para proteger centro nuclear

Teerã, 29 Ago 2016 (AFP) - O Irã ativou um sistema de mísseis antiaéreos de origem russa S300 para defender um centro nuclear onde, até janeiro, enriquecia urânio para seu programa atômico, reportou a TV estatal iraniana.

A emissora IRIB difundiu uma reportagem com imagens do centro nuclear de Fordo, situado em uma montanha perto da cidade de Qom, e no qual se vê o sistema de mísseis S300 em posição de vigilância antiaérea.

Proteger as instalações nucleares do Irã é primordial "em todas as circunstâncias. Hoje, o céu iraniano é um dos mais seguros de toda a região", declarou à IRIB o chefe da defesa antiaérea iraniana, general Farzad Esmaili.

Fordo abriga as 1.044 centrífugas que o Irã usava para enriquecer urânio, uma atividade suspensa por Teerã após a entrada em vigor, em janeiro, de um acordo entre o Irã e as grandes potências.

A reportagem foi difundida horas depois de o guia supremo da Revolução, aiatolá Ali Khamenei, afirmar que as forças militares iranianas têm apenas propósitos defensivos e mencionar especificamente os sistemas S300.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos