Antonio Guterres lidera disputa por posto máximo da ONU

Nações Unidas, Estados Unidos, 29 Ago 2016 (AFP) - O ex-primeiro-ministro português Antonio Guterres continua liderando a disputa para se tornar o próximo secretário-geral da ONU, após uma terceira votação realizada nesta segunda-feira (29) - informaram diplomatas à AFP.

Guterres, que foi chefe do Alto Comissariado das Nações Unidas para Refugiados (Acnur) durante 10 anos, recebeu 11 votos a favor, três contra e uma abstenção, em uma votação informal dos 15 membros do Conselho de Segurança.

Antonio Guterres abriu vantagem em cima do chefe da diplomacia eslovaca, Miroslav Lajcák, que surpreendeu ao obter nove votos a favor, cinco contra e uma abstenção.

A chefe búlgara da Unesco, Irina Bokova, e o ex-ministro sérvio de Relações Exteriores, Vuk Jeremic, ficaram empatados na terceira colocação com sete votos a favor, cinco contra e três abstenções.

Susana Malcorra, a chanceler argentina, ficou em quinto lugar seguida por Srgjan Kerim, ex-chefe da diplomacia da Macedônia e da ex-primeira-ministra neozelandesa Helen Clark.

O ex-presidente esloveno Danilo Türk, que no início parecia ser um candidato forte, obteve apenas o oitavo lugar.

Ao final da lista dos dez candidatos estão a ex-ministra de Relações Exteriores da Moldávia Natalia Gherman e a costarriquenha Christiana Figueres, ex-negociadora da ONU sobre o clima.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos