Turquia exige liberação dos vistos e ameaça UE com abertura do fluxo migratório

Atenas, 30 Ago 2016 (AFP) - A Turquia não poderá continuar impedindo o fluxo migratório para a UE sem o fim da exigência antes de outubro dos vistos para os turcos, advertiu o ministro das Relações Exteriores, Mevlut Cavusoglu, em uma entrevista ao jornal grego Kathimerini.

O ministro reiterou a advertência aos europeus ao mesmo tempo que aumenta o fluxo de chegada às ilhas gregas, com 462 refugiados e migrantes que partiram entre segunda-feira e terça-feira das costas turcas.

"A Turquia cumpriu a sua parte para cortar o fluxo, depois do pacto migratório de março com a UE. Agora espera que os europeus cumpram suas promessas, entre elas a de liberar a exigência dos vistos para os turcos", disse Cavusoglu.

Se a UE não cumprir seus compromissos, a "Turquia não pode seguir freando por si só a migração irregular" para a Europa.

"Esperamos uma liberalização dos vistos para os cidadãos turcos no mais tardar em outubro", advertiu.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos