Chefe da ONU pede 'verificação transparente' de eleições no Gabão

Nações Unidas, Estados Unidos, 1 Set 2016 (AFP) - O secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, pediu nesta quinta-feira (1) a liberação imediata dos presos nos casos de violência pós-eleitoral no Gabão, além de uma "verificação transparente" dos resultados.

Ban Ki-moon também chamou as autoridades competentes para "solucionarem rapidamente, de maneira transparente e justa, todas as demandas derivadas da eleição".

Além disso, disse que as forças de segurança empregaram uma violência desproporcional e pediu que "atuassem com a máxima moderação e respeitassem os padrões internacionais de direitos humanos".

A polícia prendeu 1.000 pessoas durante as confusões e roubos ocorridos quando o presidente Ali Bongo foi declarado vencedor das concorridas eleições. Os incidentes deixaram ao menos dois mortos e vários feridos, segundo a oposição.

"Peço às autoridades que liberem os presos políticos imediata e incondicionalmente", disse Ban em um comunicado de seu porta-voz.

O secretário-geral da ONU disse que estava "profundamente preocupado e triste" pela crise no Gabão "em particular pelos ataques incendiários e pela resposta desproporcionada das agências de segurança, que conduziram a perdas de vida e de propriedades".

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos