Tempestade Hermine vira furacão e se aproxima da Flórida

Miami, 1 Set 2016 (AFP) - A tempestade tropical Hermine virou furacão de categoria 1 e deverá tocar terra no estado americano da Flórida entre a noite de quinta-feira e a manhã de sexta-feira, com fortes ventos e inundações, que apresentarão risco de vida para a população, advertiu o governador.

"Teremos fortes ventos, os cabos elétricos cairão e haverá muitas árvores derrubadas", disse o governador da Flórida, Rick Scott. "Haverá marejadas, vento, chuva e inundações, e tudo isso comporta riscos de vida".

Hermine será o primeiro furacão a atingir a Flórida em mais de uma década, desde a calamidade causada pelo Wilma em 2005. Na ocasião, o furacão passou da categoria 2 para a 5 em questão de horas, e deixou dezenas de mortos e bilhões de dólares em danos materiais.

Em uma coletiva de imprensa, Scott recomendou à população evacuar as zonas de perigo, não conduzir seus veículos durante o fenômeno, carregar seus celulares, se dirigir aos abrigos e preparar kits de emergência, com rádio a pilhas, água e comida.

"Podemos ficar sem eletricidade por dias ou até semanas em alguns lugares", acrescentou.

O governador também emitiu ordens de evacuação obrigatória em cinco condados do noroeste (Franklin, Wakulla, Taylor, Dixie e Levy), e de evacuação voluntária em outros três.

O Centro Nacional de Furacões (NHC), com sede em Miami, calculou um aumento no nível da água entre 0,3 e 2,4 metros se a agitação ocorrer no momento da maré alta. As chuvas poderiam chegar até os 25 cm nas zonas do noroeste da Flórida e no sul da Geórgia até sexta-feira.

Imagens de televisão mostraram fortes ondas nas praias e algumas ruas do noroeste onde a água já chegava à altura dos joelhos.

Cerca de 6.000 membros da Guarda Nacional estão prontos para se mobilizarem, afirmou o governador.

Estado de emergênciaA tempestade tropical Hermine se converteu em furacão no Golfo do México ao atingir, na tarde desta quinta-feira, ventos máximos sustentados de 120 Km/hora, informou o NHC no seu último comunicado.

Hermine está atualmente 135 Km ao sul de Apalachicola, no norte da Flórida, e avança em direção ao nordeste a 22 Km/h.

"Espera-se um pouco de fortalecimento adicional quando tocar terra. O enfraquecimento começará depois de que Hermine cruze a costa", afirmou o NHC.

O centro estendeu o alerta de tempestade tropical até a área central do estado, incluindo as cidades turísticas de Tampa, na costa oeste, e Daytona, no litoral oriental.

Também ampliou os alertas e advertências de tempestade tropical em direção ao norte do país, ao longo da costa atlântica até partes da Carolina do Norte, Delaware e Nova Jersey.

Rick Scott declarou, na quarta-feira, estado de emergência em 51 condados do estado para liberar recursos para eventuais danos provocados pela tempestade.

Na quinta-feira, Scott ordenou também o fechamento dos escritórios estatais no norte e centro da Flórida a partir de meio-dia.

A Guarda Costeira alertou os navegantes para se prepararem para a tempestade, abandonar o mar e colocar suas embarcações a salvo.

Hermine é o quarto furacão da temporada de tempestades no Atlântico - que vai de 1 de junho a 30 de novembro -, depois de Alex, Earl e Gaston.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos