Dois mortos em distúrbios com a polícia no Gabão

Libreville, 2 Set 2016 (AFP) - Dois homens morreram na quinta-feira à noite em um bairro de Libreville, capital do Gabão, em confrontos com as forças de segurança.

Bekam Ella Edzang, estudante de Direito de 27 anos, foi atingido por um tiro no abdome, foi internado, mas não resistiu; o corpo de outro homem, de de 30 anos, era levado em procissão por manifestantes pelo bairro de Nzeng Ayng.

O estudante de Direito faleceu depois de passar por uma cirurgia.

"Foi ferido pela Guarda Republicana, que lançou gás lacrimogêneo e abriu fogo", disse à AFP um homem que se identificou apenas como Géraud e afirmou ser amigo da vítima.

O outro homem foi atingido por tiros quando estava sentado diante de sua casa, afirmou a mãe da vítima.

No total, cinco pessoas morreram em protestos e distúrbios após o anúncio da reeleição do presidente do Gabão, Ali Bongo, na quarta-feira.

cl-fp-ml/fp

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos