Temer diz que Brasil 'virou a página' da crise política e econômica

Xangai, 2 Set 2016 (AFP) - O Brasil virou a página após um período de turbulências políticas, afirmou nesta sexta-feira o presidente Michel Temer na China, dois dias depois do controverso impeachment de Dilma Rousseff.

"Sofremos turbulências políticas e econômicas, recessão, mas esta página já foi virada", afirmou Temer à imprensa após uma rápida escala em Xangai, antes de uma cúpula do G20 em Hangzhiu (leste).

"O Brasil deixa resolutamente para trás toda a instabilidade econômica e política que sofreu nos últimos anos", insistiu após uma reunião com o prefeito de Xangai, Yang Xiong.

Temer tomou posse de seu cargo horas antes de viajar à China para a cúpula do G20 deste fim de semana, na qual tentará buscar recursos e investidores para o Brasil, em seu primeiro ato oficial como presidente titular.

O novo presidente convocou efetivamente em Xangai o reforço das cooperações econômicas sino-brasileiras.

"China e Brasil devem valentemente se apoiar, sobretudo agora que a economia brasileira recupera a saúde e mostra perspectivas econômicas que são previsíveis", comentou Temer, segundo a tradução oficial em chinês de suas palavras.

"A China é o sócio cuja cooperação é a mais crucial para o Brasil neste momento. Para consolidar a confiança no Brasil, precisamos do apoio chinês", disse.

azk-jug/bar/elp/me/meb/ma

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos