Hermine faz nova vítima e avança para costa leste dos EUA

Washington, 4 Set 2016 (AFP) - A tempestade tropical Hermine causou uma segunda morte neste sábado (3) e ameaçava com inundações, fortes chuvas e ventos de até 110km/h a costa leste dos Estados Unidos, arruinando os planos do fim de semana prolongado.

"Hermine pode ter intensidade de furacão no domingo", alertou o NHC em seu último boletim.

Hoje, o fenômeno causou a morte de um motorista de caminhão na Carolina do Norte, no leste do país. Com a força dos ventos, o semirreboque de 18 rodas caiu de uma ponte, informou o xerife local.

Na sexta-feira (2), um sem-teto já havia morrido na Flórida, esmagada por uma árvore derrubada pela ventania. Nesse estado, Hermine tocou terra como furacão da categoria 1, na madrugada de sexta, provocando ressaca no mar, inundações e cortes de luz.

Posteriormente, degradou-se até virar tempestade tropical. Agora, segue para a costa atlântica.

Ao longo da costa, "o aumento do nível das águas será acompanhado de grandes e perigosas ondas" da Virgínia do Sul até Nova Jersey, ao norte, alertaram os meteorologistas do NHC.

"Perigosas inundações poderão acontecer nos próximos dias" nessa faixa costeira, acrescentaram.

As autoridades dos diferentes estados afetados declararam estado de emergência, o que permite mobilizar rapidamente os meios de assistência.

Em Nova York, as praias vão permanecer fechadas no domingo diante da previsão de chegada de Hermine.

Entre Virgínia e a costa atlântica de Maryland, a expectativa é que o índice pluviométrico alcance entre 100 e 180 milímetros até segunda-feira, e um máximo de 100 mm mais ao norte, até Long Island, de acordo com os meteorologistas.

Hermine é o quarto furacão da temporada.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos