Putin convoca redução de tensões na península coreana

Moscou, 3 Set 2016 (AFP) - O presidente russo, Vladimir Putin, fez um apelo neste sábado a reduzir a tensão na península coreana, após uma reunião com a presidente sul-coreana, Park Geun-Hye.

"É claro, é preciso evitar a qualquer custo uma provocação", declarou Putin em uma coletiva de imprensa conjunta com sua colega em Vladivostok, no Extremo Oriente russo.

"A Rússia estima que uma resolução do problema nuclear na península coreana deve ser feita no âmbito de uma distensão geral política e militar no nordeste da Ásia. É preciso conseguir baixar o nível de confronto militar, criar a base de uma confiança mútua entre todos os Estados da região", acrescentou.

No fim de agosto, a Coreia do Norte disparou a partir de um submarino um míssil (SLBM) que percorreu 500 km em direção ao Japão, uma distância muito maior que a de projéteis anteriores deste tipo, o que gerou a ira de seus vizinhos e dos Estados Unidos.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos