Forças do governo sírio cercam novamente zonas rebeldes de Aleppo

Beirute, 4 Set 2016 (AFP) - As forças do governo sírio ocuparam neste domingo uma escola militar e cercaram novamente os bairros nas mãos dos rebeldes em Aleppo (norte da Síria), anunciou o Observatório Sírio de Direitos Humanos (OSDH).

"O exército ocupou (neste domingo) a academia de artilharia, de modo que agora controla as três escolas militares, e os bairros do leste (de Aleppo) voltaram a ficar totalmente cercados", disse à AFP o diretor do OSDH, Rami Abdel Rahman.

Uma fonte militar síria havia anunciado na manhã a tomada total da escola de armamento. Nos últimos dias o exército havia tomado a escola técnica da força aérea.

Estas três academias estão na periferia sul da antiga capital econômica e, ao tomá-las, o exército e seus aliados fecham a única via de abastecimento dos bairros controlados pelos insurgentes, onde 250.000 pessoas vivem.

Ex-capital econômica do país, Aleppo está dividida em dois desde julho de 2012, a leste os bairros rebeldes e a oeste os bairros controlados pelo regime.

Em 6 de agosto, os rebeldes ajudados pela Frente Fateh al Sham (ex-Frente al Nosra que se desligou da Al-Qaeda) expulsaram as forças do regime do sul de Aleppo e romperam o cerco imposto desde 17 de julho aos seus bairros.

Confiante, a coalizão síria da oposição política no exílio havia declarado na época que a tomada de Aleppo pelos rebeldes era apenas questão de tempo.

Desde esta data, o exército sírio e seus aliados retomaram várias posições perdidas.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos