Polícia israelense mata palestino que tentou atropelar agentes

Jerusalém, 5 Set 2016 (AFP) - A polícia israelense matou um palestino que tentou atacar com seu carro alguns guardas de fronteira no campo de refugiados de Shuafat, em Jerusalém Oriental.

Durante a madrugada, um carro se aproximou dos guardas de fronteira israelenses e tentou atropelar os agentes, que abriram fogo e mataram um dos ocupantes do veículo. O outro ficou ferido.

A tentativa de ataque contra os guardas de fronteira aconteceu ao fim de uma operação no campo de Shuafat, informou a polícia em um comunicado.

A violência nos territórios palestinos e em Jerusalém desde outubro de 2015 provocou a morte de 223 palestinos, 34 israelenses, dois americanos, um eritreu e um sudanês, segundo um balanço da AFP.

Muitos palestinos mortos são autores ou supostos autores de ataques.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos