Espanha procura homem que provocou incêndio florestal

Jávea, Espanha, 6 Set 2016 (AFP) - A polícia espanhola buscava nesta terça-feira um piromaníaco suspeito de ter iniciado um incêndio que atingiu mais de 800 hectares de florestas e algumas casas em uma zona turística perto da cidade balneária de Benidorm (leste).

Em meio às altas temperaturas na Espanha, um novo incêndio foi declarado na ilha de Menorca, arquipélago das Baleares, que deixou 600 pessoas desabrigadas ou confinadas, indicaram os serviços de emergência e defesa civil locais.

"A Guarda Civil está procurando o autor" que supostamente iniciou o incêndio desencadeado no domingo na costa leste da Espanha, indicou um porta-voz à AFP.

"Tudo leva a crer que pode ter sido provocado, há vários focos em diferentes lugares", disse o porta-voz.

O fogo começou na noite de domingo em uma zona turística da região de Valencia, na Costa Blanca, principalmente nas localidades de Benitachell e Jávea.

Atiçadas pelos fortes ventos e pelas altas temperaturas, as chamas devoraram casas e veículos, segundo as imagens feitas por um fotógrafo da AFP.

Quase 1.400 pessoas precisaram ser desalojadas de vários locais e abrigadas em escolas.

Segundo um novo balanço do serviço de emergências de Valencia, o incêndio destruiu 812 hectares de florestas.

O fogo "evolui favoravelmente", anunciou na manhã desta terça-feira em sua conta do Twitter Juan Carlos Moragues, responsável regional de segurança.

pho-mck/du/ra/ma

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos