Série de ataques deixa mais de 40 mortos em 24h no Afeganistão

Cabul, 6 Set 2016 (AFP) - Três atentados sucessivos, sendo um ataque de várias horas contra uma ONG estrangeira, tomaram conta da capital afegã desde segunda-feira, matando ao menos 41 pessoas, segundo um balanço revisado em alta.

No espaço de menos de 12 horas, os habitantes de Cabul vivenciaram dois atentados a bomba perto do ministério da Defesa, depois do ataque em plena noite de homens armados contra as instalações da associação humanitária CARE International, em um bairro do entro da capital.

"Quarenta e uma pessoas foram mortas e outras 110 feeridas nos ataques de ontem (segunda) perto do ministério da Defesa", indicou o porta-voz do ministério da Saúde.

Um balanço anterior falava de 24 mortos.

Um porta-voz dos talibãs, Zabihullah Mujahid, indicou no Twitter que a primeira bomba visava ao ministério da Defesa e a segunda à polícia.

O ataque contra a ONG, por sua vez, teve início com uma forte explosão, seguida de uma troca de tiros.

"Os três criminosos foram mortos pelas forças de segurança. Quarenta e duas pessoas, incluindo 10 estrangeiras, foram salvas", disse o porta-voz do ministério do Interior, Sediq Sediqqi.

A CARE International confirmou que seu pessoal saiu são e salvo do ataque, mas que suas instalações foram danificadas.

O ataque visava deliberadamente a civis e constitui um crime de guerra de guerra, conforme denunciou a Anistia Internacional em um comunicado.

Os atentados acontecem no momento em que os talibãs reforçam a ofensiva contra o governo.

O presidente afegão, Ashraf Ghani, acusou os insurgentes de ataques indiscriminados contra pessoas comuns.

bur-ac/ahe/prh/cn

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos