Excluída do Rio, Rússia organiza seus próprios Jogos Paralímpicos

Moscou, 7 Set 2016 (AFP) - Estrelas do pop russo ao vivo, discursos de Vladimir Putin lido pelo ministro dos Esportes... Privada dos Jogos Paralímpicos do Rio, a Rússia organizará sua própria competição, cuja cerimônia de abertura é realizada nesta quarta-feira, coincidindo com a oficial.

Em uma grande sala de shows de Moscou, a seleção paralímpica russa completa desfilou diante de milhares de espectadores, antes de que Vitali Mutko lesse uma mensagem de apoio do presidente Putin.

"O acontecimento grandioso de hoje é uma homenagem solene a nossos atletas cujo trabalho incansável e sua valentia, a fé neles mesmos e sua capacidade é um exemplo estimulante", escreveu o presidente russo nesta mensagem.

As provas esportivas, que serão disputadas na quinta-feira e na sexta-feira, foram repartidas em várias sedes na periferia da capital, e os medalhistas (que serão 263 atletas de 18 disciplinas) receberão os mesmos prêmios se tivessem conseguido uma medalha nos 'verdadeiros' Jogos Olímpicos do Rio.

No início de agosto, o Comitê Paralímpico Internacional (CPI) excluiu os atletas russos como consequência do escândalo de doping no esporte do país. O Tribunal Arbitral dos Esporte (TAS) rejeitou posteriormente o recurso apresentado pelo Comitê Paralímpico Russo, uma decisão, segundo Putin, "fora de toda justiça, moral e humanidade".

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos