'Alta possibilidade' de teste nuclear na Coreia do Norte

Seul, 9 Set 2016 (AFP) - Há uma "alta possibilidade" de a Coreia do Norte ter realizado seu quinto teste nuclear, informou a agência Yonhap nesta sexta-feira, citando um funcionário sul-coreano.

A informação ocorre após um tremor de 5,3 graus de magnitude abalar a região de Pyunggye-ri, onde a Coreia do Norte realiza suas provas atômicas, segundo o Instituto Geológico dos Estados Unidos (USGS).

O próprio USGS avaliou que o tremor foi uma "possível explosão" ocorrida à 00H30 GMT de sexta-feira (21H30 Brasília).

"Possível explosão situada na zona onde a Coreia do Norte realizou testes nucleares no passado", assinalou o USGS, indicando que a detonação ocorreu na superfície.

"Trata-se de fato de uma explosão, mas não podemos determinar de que tipo é: nuclear ou não", declarou o USGS.

A agência sismológica sul-coreana confirmou que o tremor "tem a aparência de um teste nuclear".

A Coreia do Norte já realizou quatro testes com bombas nucleares, o último em janeiro, como parte de um programa armamentista que inclui ainda o desenvolvimento de mísseis balísticos de longo alcance e é alvo de sanções da ONU.

Na sexta-feira, 9 de setembro, a Coreia do Norte celebra o aniversário de fundação da República Popular, em 1948.

Esta semana, o líder norte-coreano, Kim Jong-Un, convocou as forças armadas a seguir adiante com o desenvolvimento de seu arsenal nuclear, segundo a agência oficial KCNA.

Kim "destacou a necessidade de se prosseguir com estas realizações milagrosas, reforçando o potencial nuclear, passo a passo, neste ano histórico", ressaltou a KCNA.

Resoluções da ONU proíbem à Coreia do Norte de utilizar qualquer tecnologia nuclear e de mísseis balísticos, apesar de Pyongyang ter realizado quase 20 tiros de teste apenas este ano.

No dia 24 de agosto, Pyongyang lançou um míssil balístico de um submarino (SBLM) que percorreu cerca de 500 km em direção ao Japão, o que para os especialistas é um claro progresso no programa norte-coreano.

Uma verdadeira capacidade SLBM elevaria a ameaça nuclear norte-coreana, com Pyongyang ampliando seu poder de dissuasão além da península coreana.

A Coreia do Norte também anunciou ter conseguido reduzir suas bombas nucleares, tecnologia indispensável para montar as ogivas nos mísseis balísticos.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos