Pena de morte para homem que matou mulher com ácido na Índia

Mumbai, 8 Set 2016 (AFP) - A justiça indiana condenou à morte nesta quinta-feira um homem em Mumbai por ter matado com ácido uma mulher que rejeitou seu pedido de casamento.

Ankur Panwar, de 26 anos, foi declarado culpado por ter jogado ácido sulfúrico contra Preeti Rathi, de 24 anos quando ocorreram os fatos, há três anos, diante de uma estação a capital econômica da Índia.

Rathi, que era sua vizinha, negou o pedido de casamento e Panwar quis desfigurar seu rosto para destruir sua carreira.

A jovem morreu por causa dos ferimentos um mês depois.

A defesa anunciou que vai recorrer da sentença.

pdh-vm/tha/amd/ib/jvb/jz/cn

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos