Governo francês promete reduzir impostos a 8 meses da eleição presidencial

Paris, 9 Set 2016 (AFP) - O governo francês, acusado no início da presidência do socialista François Hollande de uma verdadeira agressão fiscal, anunciou nesta sexta-feira uma série de reduções de impostos, a menos de oito meses da eleição presidencial de 2017.

Entre as medidas, o Executivo promete para o próximo ano a redução de um bilhão de euros no imposto de renda, o que beneficiará cinco milhões de contribuintes.

A medida é parte de um processo de redução fiscal iniciado em 2014, o que levou o governo francês a diminuir em três oportunidades o imposto para "devolver aos franceses parte dos esforços que foi solicitado", em 2012, afirmou o ministro das Finanças, Michel Sapin.

"No total, as reduções de impostos decididas pelo governo desde 2014 somarão 6 bilhões de euros", declarou Sapin à AFP.

O presidente Hollande, mal nas pesquisas e que segundo analistas praticamente não possui chances de reeleição, citou a redução em maio, condicionando a mesma à existência de "margens de manobra orçamentárias".

Sapin anunciou que o imposto das empresas, atualmente em 33%, deve ser reduzida para 28% para as pequenas e médias empresas em 2017 e 2018, e depois para todas em 2020.

Apesar dos "gestos" fiscais, Sapin garante que o déficit público francês será reduzido a 2,7% do PIB em 2017, como havia sido prometido.

vab-edy/fp

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos