Turquia anuncia descoberta de 640 kg de explosivos em cemitério e evita atentado

Istambul, 10 Set 2016 (AFP) - A Turquia anunciou ter evitado um ataque ao encontrar mais de 600 quilos de explosivos espalhados em um cemitério da região de Diyarbakir (sudeste), que um dos líderes do AKP, partido governista, visita com frequência, informou a agência Dogan.

No total foram encontrados oito botijões de gás, 1.700 metros de cabos, dois recipientes de 120 quilos com 240 quilos de amônia misturados com nitrato, ou seja, 640 quilos de explosivos, em cinco pontos diferentes do cemitério do distrito de Bismil, na região de Diyarbakir (de maioria curda), indicou o governo, segundo a agência.

Os explosivos foram encontrados perto do túmulo da mãe do diretor adjunto do Partido da Justiça e Desenvolvimento (AKP), Mehdi Eker. O irmão, o pai e um tio do político também estão enterrados no mesmo cemitério, que o político visita na véspera das festas religiosas muçulmanas.

Apesar da ameaça, Eker afirmou, durante uma entrevista ao canal NTV, que pretende comparecer ao cemitério no domingo, véspera da Aid Al-Adha (Festa do Sacrifício).

"Pensamos que um assassinato havia sido planejado para acontecer durante a visita", disse uma fonte do governo que pediu anonimato.

"Aconteceria um grande massacre", denunciou Eker, para quem este "não era um projeto de assassinato contra apenas uma pessoa".

"Mais de 100 pessoas teriam sido atingidas ao mesmo tempo que eu", completou.

sjw-bat/fp

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos