Homenagem às vítimas do 11/9 no 15° aniversário dos atentados

Nova York, 11 Set 2016 (AFP) - Os americanos recordam neste domingo o 15° aniversário dos atentados de 11 de setembro de 2001 com uma cerimônia sóbria no 'Marco Zero', em Nova York, para homenagear os quase 3.000 mortos.

Os candidatos à Casa Branca, a democrata Hillary Clinton e o republicano Donald Trump, fizeram uma pausa em suas campanhas para comparecer à cerimônia ao lado de policiais e de parentes das vítimas no 'Marco Zero', onde agora existem um museu e o memorial do 11/9.

O minuto de silêncio aconteceu às 8H46 (9H46 de Brasília), momento em que o primeiro avião de passageiros sequestrado atingiu a Torre Norte do World Trade Center.

Foi o primeiro de seis minutos de silêncio que serão respeitados para marcar o impacto do segundo avião contra a Torre Sul, a queda de cada uma das torres, o impacto do avião contra o Pentágono e a queda do quarto avião sequestrado em um campo da Pensilvânia.

Também será organizada uma cerimônia no Pentágono, com a presença do presidente Barack Obama.

Os atentados cometidos pela Al-Qaeda deixaram 2.753 mortos em Nova York, 184 no Pentágono e 40 na Pensilvânia.

"O 11 de setembro de 2011 afetou cada um dos nova-iorquinos, mas os terroristas não prevaleceram, porque 15 anos depois somos fortes e estamos unidos", escreveu o prefeito de Nova York, Bill de Blasio, no Twitter.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos