Três mulheres mortas em tentativa de ataque à delegacia no Quênia

Nairóbi, 11 Set 2016 (AFP) - Três mulheres morreram neste domingo depois que atacaram com uma bomba incendiária e uma faca uma delegacia da cidade de Mombasa, sudeste do Quênia, informou a polícia, que citou um "suposto ataque terrorista".

As três mulheres entraram na principal delegacia da cidade alegando que desejavam apresentar uma denúncia pelo roubo de um telefone, informou o chefe de polícia do condado, Peterson Maelo.

"Uma delas lançou uma bomba incendiária e as outras agrediram dois policiais e os esfaquearam", disse.

"As três agressoras foram mortas e os dois agentes levados ao hospital", afirmou, antes de citar um "suposto ataque terrorista".

De acordo com uma fonte policial, as três mulheres usavam o véu islâmico. Uma testemunha afirmou que elas gritaram "Alá Akbar!" (Deus é grande).

Mombasa é a segunda maior cidade do Quênia e um importante centro turístico da costa. Sua população é majoritariamente muçulmana, como o restante da região costeira.

A região foi cenário nos últimos anos de vários ataques dos islamitas shebab somalis. Ligados à Al-Qaeda, os shebab executaram vários ataques importantes no Quênia desde 2011, após o envio do exército deste país ao sul da Somália.

str-ccr/fp

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos