Trump deseja melhoras a Hillary e diz que vai divulgar dados sobre sua saúde

Em Washington

  • Brendan McDermid/ Reuters

    Trump participa de cerimônia em memória às vítimas dos atentados de 11 de setembro de 2001, em Nova York, no domingo (11)

    Trump participa de cerimônia em memória às vítimas dos atentados de 11 de setembro de 2001, em Nova York, no domingo (11)

O candidato republicano à Casa Branca, Donald Trump, desejou nesta segunda-feira (12) uma recuperação rápida a sua adversária democrata Hillary Clinton, diagnosticada com pneumonia, e disse que em breve divulgará detalhes sobre seu próprio estado de saúde.

"Espero que ela se recupere logo. Eu não sei o que aconteceu", declarou nesta segunda-feira à rede Fox News o empresário em um tom mais reservado que o habitual e lembrando um episódio recente de tosse da ex-secretária de Estado.

"Também presumi que era pneumonia. (...) Espero que se sinta melhor e retorne à campanha", disse Trump durante a entrevista telefônica.

Hillary passa mal e deixa cerimônia do 11/9 mais cedo

Em função da pneumonia, Hillary suspendeu atos de campanha na Califórnia nesta segunda e terça-feira, renovando as especulações sobre seu estado de saúde a oito semanas das eleições.

O magnata republicano reconheceu que a saúde dos candidatos presidenciais para as eleições de 8 de novembro é uma pergunta da campanha e afirmou que em breve publicará seu boletim médico.

Perguntado se a saúde dos candidatos é uma questão relevante, Trump disse: "Penso que é uma questão. De fato... nesta semana fiz um exame físico e... quando os números saírem, irei divulgar números muito, muito específicos".

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos