Enviado da ONU na Síria comemora 'diminuição significativa da violência'

Genebra, 13 Set 2016 (AFP) - O enviado da ONU para a Síria comemorou nesta terça-feira a "significativa diminuição da violência" pouco mais de 24 horas após começar o cessar-fogo acordado.

"A situação melhorou radicalmente", destacou Staffan de Mistura diante de jornalistas em Genebra, e também assinalou que foram registrados casos isolados de violência, inclusive por parte das forças de oposição.

De Mistura afirmou que foram registrados alguns episódios violentos, especialmente na noite de segunda-feira, mas que a situação para essa terça-feira se mostrava positiva.

O acordo alcançado na semana passada pela Rússia e Estados Unidos prevê um cessar fogo e a entrega de ajuda humanitária aos civis sírios.

Entretanto, De Mistura desmentiu as informações da mídia turca de que caminhões da ONU teriam cruzado a fronteira até a cidade de Aleppo.

O enviado da ONU disse aos jornalistas que as Nações Unidas não entregaram ajuda aos civis durante o primeiro dia de trégua devido às dúvidas sobre a segurança na região, solicitando "garantias de que os motorista e o comboio" não serão atacados.

O porta-voz do escritório da ONU para a Coordenação de Assuntos Humanitários, Jens Laerke, confirmou que nenhum comboio da ONU havia entrado na Síria antes do chamado de cessar-fogo.

bs/mt/lmm/age-jvb/jz/cb

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos