Guerra na Síria já provocou mais de 300.000 mortes

Beirute, 13 Set 2016 (AFP) - A guerra da Síria deixou mais de 300.000 mortos desde o início em março de 2011, de acordo com um balanço atualizado divulgado pela ONG Observatório Sírio dos Direitos Humanos (OSDH) nesta terça-feira, primeiro dia de uma trégua mediada por Rússia e Estados Unidos.

O balanço anterior, divulgado em 8 de agosto pela ONG que tem sede no Reino Unido mas que dispõe de uma ampla rede de fontes militares, civis e médicas em toda a Síria, citava 292.817 mortos no conflito devastador.

Até 12 de setembro, o número de mortos foi de 301.781, incluindo 86.692 civis, dos quais 15.099 eram menores de idade, segundo a ONG.

De acordo com o mesmo balanço, entre as vítimas fatais também estavam 52.359 combatentes rebeldes e das Forças Democráticas Sírias, uma aliança árabe-curda, e 52.031 jihadistas estrangeiros.

As forças do regime perderam 107.054 homens, entre eles 59.006 soldados.

O OSDH indicou que as 3.645 pessoas restantes não foram identificadas.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos